Um pouco de cor - início dos estudos

19:06


Teoricamente falando, a cor é a percepção visual provocada pela ação de um feixe de fótons sobre células especializadas da retina, que transmitem através de informação pré-processada ao nervo óptico, impressões para o sistema nervoso.

Na prática já sabemos que as cores influenciam e transformam sensações em nosso cérebro e por isso são largamente usadas na comunicação.

Neste post vamos abordar a classificação básica das cores.

Síntese Substrativa e Síntese Aditiva
A cor de um objeto depende da luz que o ilumina e das propriedades de sua superfície. Temos assim diferença entre a luz colorida e a matéria colorida. Assim a cor tem duas classificações; cor-luz e cor-pigmento.

Ao somar a luz colorida do arco-íris, obtemos a luz branca, chamamos esse processo de síntese aditivia. Quando somamos matérias corantes, obtemos a cor preta, e temos uma síntese substrativa.



Classificação das cores
Tradicionalmente temos 3 classificações básicas de cores, são elas: Cores Primárias, Secundárias e Terciárias.

Essa classificação sofre influênica da síntese usada na obtenção da cor, o que nos deixa com dois modos de cor bem conhecidos, o RGB(Red-Green-Blue) e o RYB(Red-Yellow-Blue).

Isso significa que vamos ter cores diferentes na classificação dependendo do modo usado.

O mode RYB é o modo hístorico usado por artistas para suas criações, porém é considerado cientificamente incorreto. O modo CMYK(Cian-Magenta-Yellow-Black) é considerado hoje o melhor modelo Substrativo, capaz de representar todas as cores perceptíveis pelo olho humano.

As cores
Classificação de cores no modelo Aditivo

Classificação de cores no modelo Substrativo
O estudo de cores é um assunto complexo, interessante e necessário para qualqer um que deseje trabalhar com design.




Você também pode gostar desses posts

0 comentários

Like us on Facebook