Emoção em cores!!

14:02


No primeiro artigo sobre cores conheçemos os modelos e classificação das cores, você pode conferir o artigo clicando no link abaixo.
Um pouco de cor - Início dos estudos

Uma vez de se tratar não de uma propriedade do objeto, mas de um elemento perceptivo, a cor tem uma série de implicações na Psicologia. Dessa Forma, a percepção da cor pode causar uma série de sensações, de acordo com cada cultura, que costuma ser muito explorada pela publicidade. A cultura ocidental faz associar, por exemplo, o verde à esperança, o vermelho à fome, o púrpura ao luxo e o roxo ao luto.

Não existe cor destituída de significado. A impressão causada por cada cor é determinada por seu contexto, ou seja, pelo entrelaçamento de significados em que a percebemos. A cor num traje será avaliada de modo diferente do que a cor num ambiente, num alimento, ou na arte.



O contexto é o critério que irá revelar se uma cor será percebida como agradável e correta ou errada e destituída de bom gosto.

As cores alteram nossas emoções e nossa percepção sobre situações, ambientes e objetos.

Ciente desses conceitos vamos conhecer o básico sobre cores e seus signficados em nossas emoções:

Vermelho: Entusiasmo, impacto, agressividade, força, energia, erotismo, amor e liderança. 

Laranja: Emotividade, sensação de bem estar, alegria, vitalidade, energia, criatividade, equilibrio, entusiasmo e diversão.

Amarelo: Conhecimento, atenção, otimismo, alegria, felicidade, idealismo e arrogância.

Azul: Calma, tranquilidade, clareza, credibilidade, confiança, harmonia, reflexão e contemplação.

Verde: Bem-estar, tranquilidade, descanso, serenidade, ciúme e inteligência.

Roxo: Espiritualidade, realeza, otimismo, sabedoria, calmante e misteriosa.

Cinza: Calma, equilíbrio, sutileza, neutralidade, respeito e formalidade

As referências citadas não são universais e como dito no início do post sofrem influência da cultura de cada região.





Você também pode gostar desses posts

0 comentários

Like us on Facebook