Corrigindo imperfeições em imagens com o Gimp - Ferramenta de Restauração

Artigo ferramenta de restauração no Gimp


Como corrigir imperfeições com o Gimp - Ferramenta de Restauração

A ferramenta de restauração no Gimp lembra em muitos aspectos a ferramenta de clonagem, mas o algorítimo usado é muito mais sofisticado e você pode encontrar mais detalhes sobre ele no artigo científico de Todor Georgiev, Image Reconstruction Invariant to Relighting, link para o artigo abaixo.


Você pode encontrar muita coisa legal sobre o Gimp visitando a nossa playlist com um total de 36 vídeos.


Uma coisa que tem que ficar muito clara é que restaurar não é clonar, ok? Dito isso, vamos ver como a ferramenta funciona.

Segue o link para a imagem usada:


No exemplo vamos remover a espinha do rosto da modelo.
Removendo espinhas com a ferramenta de restauração do Gimp
Clique sobre a ferramenta de restauração na barra de ferramentas.
Ferramenta de restauração
Escolha um pincel. Para esse caso eu escolhi um pincel com pouca difusão, a dureza padrão do pincel escolhido é 75. Um pincel com muita difusão não vai ajudar, lembre-se que a ferramenta de restauração não funciona como a ferramenta de clonagem, o seu algorítimo leva em conta a região onde os pixels copiados serão colados.




Escolhendo o pincel
Escolhendo o pincel

Ajuste o tamanho do pincel ao tamanho aproximado da área danificada. Você pode usar os atalhos "[" para diminuir o tamanho do pincel e "]" para aumentar o tamanho do pincel.

Para usar a ferramenta, pressione a tecla "Ctrl" e dê um clique sobre a área de amostra que deseja copiar.
Criando amostra a ser colada com a ferramenta de restauração
Criando amostra a ser colada com a ferramenta de restauração

Agora basta clicar sobre a área que se quer corrigir no nosso caso a espinha.
Colando a amostra com a ferramenta de restauração
Colando a amostra com a ferramenta de restauração

Esse foi o nosso resultado.
Resultado da aplicação da ferramenta de restauração
Resultado da aplicação da ferramenta de restauração

Lembrando que para atingir o resultado desejado você pode ter que dar mais de um clique ou pegar amostras de vários locais sobre a imagem. Tudo vai depender da complexidade da imperfeição que se deseja corrigir.




Efeito Vinheta no Gimp 2.10

Como fazer o efeito vinheta no Gimp 2.10

Como criar o efeito vinheta no Gimp 2.10

O que hoje conhecemos como um efeito, a vinheta, surgiu como um problema técnico devido a baixa qualidade das lentes em equipamentos fotográficos antigos.

O problema era caracterizado por uma entrada maior e consequente maior captura de luz sobre o filme a partir do centro, deixando os cantos com baixa recepção de luz.

As vinhetas são aquelas áreas escurecidas, desfocadas nas extremidades da imagem. As vinhetas podem ser escuras, estas são as mais encontradas já que acontecem naturalmente ou claras que são resultado do uso de filtros nos equipamentos ou edição digital.

Confira abaixo exemplos de vinhetas escuras e claras.
Exemplo de vinheta escura
Exemplo de Vinheta escura





Exemplo de vinheta clara
Exemplo de vinheta clara




Apesar de ser um erro o resultado acabou agradando de mode geral e concede a fotografia um charme a mais, desde de que bem utilizada.

O principal objetivo da vinheta é destacar o elemento principal da fotografia, a intenção é conduzir o olhar para esse elemento.

Nós já mostramos como criar o efeito Vinheta no Gimp 2.8, o link para o vídeo segue abaixo.

Aproveita e dá uma passada na nossa playlist de Gimp, lá você vai encontrar muita coisa legal, link abaixo.

Criar esse efeito no Gimp 2.10 ficou muito mais simples e personalizável, vamos ver o processo na prática.

Segue o link para imagem usada:
https://pixabay.com/pt/moda-mulher-bonita-mulher-chap%C3%A9u-2309519/

Com a imagem aberta no Gimp 2.10, clique no menu Filtros -> Luz e Sombra -> Vinheta.
Acessando o efeito vinheta no Gimp 2.10
Caminho para o Filtro Vinheta no Gimp 2.10

Surge na tela o diálogo de configuração do efeito.

Nele podemos escolher a forma da vinheta que por padrão é circular mas pode ser quadrada ou em diamante. Além disso podemos configurar o raio do efeito, a suavidade, a intensidade, a proporção, a abertura, o alinhamento e a rotação.

O efeito pode ser aplicado na camada ou seleção ativa.

A imagem abaixo ilustra o efeito com a configuração padrão.
Efeito vinheta aplicado no Gimp 2.10
Efeito vinheta aplicado


Não tenha medo de configurar e testar, você pode restaurar as configurações do efeito a qualquer momento clicando no botão Reset.

Boa edição.



3 Projetos do Google que talvez você não conheça

3 Projetos do Google que talvez você não conheça

3 Projetos legais do Google

Neste post a gente lista 3 projetos em que o Google está envolvido que tem tudo haver com arte, design, cultura e educação

Os projetos são:

  • Project Bloks;
  • Google Arts & Culture;
  • Open Hiratge em parceria com a CyArk.
Vamos conhecer melhor cada um deles, seus objetivos e características.

Project Bloks


O foco desse projeto de pesquisa do google é a educação, o ensino da programação através do desenvolvimento de uma plataforma de computação tangível.

Semelhante ao Scratch, mas com blocos reais, onde você separa, combina e produz resultados interessantes com objetos físicos, objetos reais.

Dá uma olhada no vídeo do projeto para entender melhor o conceito.






Google Arts & Culture

Projeto Google Arte e Cultura iniciou seus serviços em 2011 e a ideia é bem simples, permitir que você visite coleções de arte, museus e locais históricos, virtualmente.

O Google Arts & Culture é muito bem organizado e a navegação pelo acervo é muito fácil, ele utiliza a tecnologia do Street View para permitir os passeios virtuais.

Infelizmente o acervo do Museu Nacional não faz parte do Google Arts & Culture, e ai fica implícita outra ideia do projeto, a preservação através da digitalização.

Parada obrigatória para quem aprecia arte e cultura de modo geral.

Vídeo do projeto.



O Open Hiritage é um projeto da CyArk em parceria com o Google, onde o principal objetivo é a preservação de locais e monumentos históricos através do leitura e digitalização 3D.

Muito da história da humanidade se perdeu pela ação de desastres naturais e mais recentemente por guerras e atentados, com a digitalização podemos ao menos ter uma ideia de como os locais e monumentos preservados foram.

Vídeo do projeto.



A Regra dos Terços - Composição

Introdução a regra dos terços

Conhecendo a regra dos terços

Na natureza a matemática e beleza andam juntas, nós percebemos a beleza em tudo ou todo padrão que é conhecido, confortável e prazeroso, e isso tem um motivo.

Na busca de encontrar e reproduzir esse padrão, chegou-se a uma razão matemática conhecida como Proporção Áurea. Essa proporção pode ser encontrada em todos os elementos da natureza e seu padrão é muito familiar, e por isso muito agradável.
A regra dos terços na natureza
Proporção Áurea na Natureza
Em regras mais gerais a proporção áurea é uma razão aproximada de 3 para 2 ou de 2 para 3.





Dessa razão foi tirada um regra de composição, chamada de Regra dos Terços, 2 para 3 ou 3 para 2, percebeu? Muito utilizada na fotografia, mas não só na fotografia. a criação de vídeos se beneficia muito do resultado de se utilizar essa regra.
Proporção da regra dos terços
Regra dos Terços
A regra dos terços não é a única regra de composição fotográfica, mas provavelmente é a mais conhecida. Ela é composta por 3 colunas e 3 linhas totalizando 9 retângulos. As intersecções desses retângulos formam  pontos de intersecção e as linhas são conhecidas como linhas de interesse.
Regra dos terços - linhas e pontos de interesse
Pontos e linhas de interesse

Apesar de ser uma regra, vale ressaltar que a regra dos terços está mais para uma sugestão de composição do que uma regra geral.

Vamos à alguns exemplos:
Procure manter a linha dos olhos na primeira linha horizontal.
Regra dos terços - posicionando olhos
Olhos devem ficar preferencialmente na primeira linha horizontal

O horizonte da primeira linha horizontal valoriza mais os 2 terços inferiores da foto.
Regra dos terços - foco na primeira linha horizontal
O foco na primeira linha valoriza a parte inferior da foto

Já o horizonte na segunda linha vertical valoriza os 2 terços superiores.
Regra dos terços - foco na segunda linha horizontal
O foco na segunda linha horizontal ajuda a valorizar a parte superior da foto

Os objetos de interesse da foto devem ficar nas linhas de interesse ou nos pontos de interseção.
Regra dos terços - foco nos pontos de interesse
Objeto principal sobre as linhas de pontos de interesse

Apesar da regras dos terços ser facilmente encontrada nos diplays das câmera atuais, inclusive câmeras de celular, se sua foto não ficou conforme a regra ou nem tao agradável, você pode usar um editor de imagens bitmap como o Gimp ou o Darktable para resolver o problema.

Finalizando a introdução à regra dos terços, indicamos este vídeo, 9 dicas de composição, que transcendem e mostram que a muito mais regras na regra dos terços. O vídeo é antigo mas vale ver. As fotos são de Steve Mccurry.






Você conhece o Figma?

Você conhece o Figma?

Figma, uma ferramenta para construção de design de interface colaborativa


O Figma é uma ferramenta que marca presença entre grandes nomes do design de interface como o Sketch e o Adobe XD

Gratuito no plano básico, que permite a criação de até 3 projetos e a inclusão de uma equipe de 2 membros. Sua versão online funciona no Browser e atende a praticamente todos os sistemas operacionais, mesmo assim possui versões instaláveis para Windows e Mac OS.

A ferramenta chamou atenção em 2016 e recebeu um aporte de capital de 14 milhões de dólares.

Link:  https://venturebeat.com/2015/12/03/user-interface-design-app-figma-launches-with-14m-led-by-greylock-partners/

Telas do Figma.
Clique na imagem para ampliar - Telas do Figma. Fonte: site oficial - https://www.figma.com/


A ideia do artigo não é fazer um review ou apresentar a ferramenta, mas apenas dar a conhecer. Já que o Figma tem características bem interessantes como importar arquivos do Sketch, trabalhar com Grids e compartilhamento de projeto em tempo real com sua equipe na conta gratuita.

Se você trabalha com o desenvolvimento de interfaces vale a pena dar uma olhada com mais atenção e conferir o que o Figma é capaz de fazer.





Kdenlive com uma interface mais limpa

Kdenlive com uma interface mais limpa

Como deixar a interface do Kdenlive mais limpa

Neste vídeo veja como deixar a interface do Kdenlive mais limpa, nele eu demonstro a minha atual configuração de trabalho.

Neste vídeo também te faço um convite, dia 30/06/2018 em Fortaleza na Fametro, vamos realizar a Primeira Edição do Design Livre Fortaleza

Vamos ter uma manhã de palestras e conversas sobre design e software livre

Maiores detalhes na Fan page da Livre Labs e abaixo segue o link do evento.






Vídeo:





Página de Caderno ou agenda com pautas no Inkscape

Imagem de título - Criando uma página com pautas no Inkscape

Como criar uma página de caderno ou agenda no Inkscape

Vai ter um vídeo desse artigo, blz?

Algumas pessoas andaram perguntando se dá para fazer um modelo de página com pautas, tipo um caderno ou agenda no Inkscape. A resposta é sim, acompanha ai como é fácil fazer isso.

Como quero demonstrar o efeito, não vou me preocupar com medidas de páginas e margens, vou criar as pautas, ai o restante fica a cargo de cada um.




Inkscape aberto com a configuração padrão, página A4 e unidade de medidas em milímetros. Tecle então "b" ou clique sobre a Ferramenta Caneta Bézier, é com ela que vamos fazer o traço.





Não vamos arrastar a Ferramenta Bézier sobre a tela mas sim clicar no ponto de origem, manter pressionada a tecla "Ctrl" e clicar no ponto final. Blz? Clicar, apertar e segura o Ctrl, move para posição final e clicar novamente. 
Criando o traço com a Ferramenta Caneta Bézier
Criando o traço com a Ferramenta Caneta Bézier - Clique na imagem para ampliar

Agora você pode soltar o Ctrl e pressionar a "Barra de Espaço" para voltar à Ferramenta de Seleção, ou então clica nela, na Barra de Ferramentas.
Selecionar traço com a Ferramenta de Seleção
Selecionar traço com a Ferramenta de Seleção - Clique na imagem para ampliar


A linha está selecionada, tecle então "Ctrl+d" para duplicar e mantendo a tecla Ctrl pressionada para manter o alinhamento, arraste a cópia da linha até o fim da página. Começamos de cima para baixo, mas a ordem não interfere no resultado então fica à vontade para começar do fim para o início.
Duplicando traço na base da página
Duplicando traço na base da página - Clique na imagem para ampliar


Selecione as duas linhas, clique então no Menu Extensões -> Gerar do caminho -> Interpolar.
Abrindo a extensão Interpolar - Menu Extenções - Gerar do Caminho - Interpolar
Abrindo a extensão Interpolar - Clique na imagem para ampliar 


No diálogo em Passos da Interpolação, digite 20, esse é o número de pautas para a nossa página. Desmarque a opção Duplicar caminhos finais, para não ter as linhas originais duplicadas, e por fim clique no botão Aplicar e depois no botão Fechar.
Configurando o diálogo Interpolar
Configurando o diálogo Interpolar - Clique na imagem para ampliar


Pronto temos a nossa página com pautas. A interpolação é uma forma de preencher o espaço entre dois objetos de forma rápida e precisa.
Interpolação aplicada
Interpolação aplicada - Clique na imagem para ampliar


Antes de começar você deve configurar as opções de página, margem e número de linhas para o seu projeto.




Removendo olhos vermelhos no Gimp 2.10

Removendo olhos vermelhos no Gimp 2.10

Como remover olhos vermelhos no Gimp 2.10.2

Apesar de pouco comum hoje em dia, ter uma fotografia sua com olhos vermelhos era bem comum até algum tempo atrás.

O olho vermelho na foto se deve ao disparo do flash que ilumina rapidamente a face, não permitindo a contração das pupilas. A luz então é refletida pelo fundo do olho. Entre a esclera, parte branca dos olhos, e a retina existe uma região repleta de vasos sanguíneos, a coroide. Devido a isso a captura que a lente da câmera faz acaba sendo uma frequência que corresponde a cor vermelha. Ok?

Depois da aula mega rápida de biologia vamos ver como utilizar o Gimp para remover os olhos vermelhos em uma foto, caso você encontre alguma.





Temos um vídeo que mostra esse procedimento no Gimp 2.8, link a seguir.
Removendo olhos vermelhos com o Gimp - Versão 2.8


E sempre dá uma passada no site do Gimp para acompanhar as novidades.

A imagem usada foi encontrada no Google, link a seguir.

Estamos usando o Gimp 2.10.2, você pode usar um AppImage desta versão, assim não vai precisar instalar, basta executar, dá uma olhada no link a seguir como você pode fazer isso.

Essa é a imagem que vamos corrigir.
Remover olhos vermelhos no Gimp
Imagem com olhos vermelho - Clique na imagem para ampliar


Com a imagem já aberta no Gimp vamos usar a Ferramenta de Seleção Elípitca para selecionar a parte vermelha dos olhos. O atalho para essa ferramenta é a letra "e".

No Gimp depois da seleção base feita você pode usar as alças para ajustar e refinar a seleção.
Usando a Ferramenta de Seleção Elíptica
Usando a Ferramenta de Seleção Elíptica - Clique na imagem para ampliar



Com a seleção pronta vamos ao filtro, clique no Menu Filtros -> Melhorar -> Remoção de olhos vermelhos.
Filtro Remoção de olhos vermelhos
Menu Filtros -> Melhorar -> Remoção de olhos vermelhos - Clique na imagem para ampliar





No Diálogo Remoção de olhos vermelho, regule a opção Limiar conforme a sua necessidade, ative a Pré-visualização e a opção Split View para ajudar a alcançar o resultado desejado.

Configurando o Filtro Remoção de olhos vermelhos
Diálogo Remoção de olhos vermelhos - Clique na imagem para ampliar



Clique no Botão Ok para aplicar ajuste a imagem na tela, teclando Ctrl+Shift+J, e faça o mesmo procedimento para o outro olho.
Resultado final
Faça o mesmo procedimento no outro olho - Clique na imagem para ampliar














QR Code no Inkscape

Como criar QR Codes com o Inkscape

Como criar QR Code com o Inkscape

Começando uma série de tutoriais em texto, hoje vamos ver como podemos criar QR Codes com o Inkscape.

Temos um vídeo mostrando como criar Código de barras no Inkscape, link abaixo.

Código QR, é a sigla para Código de Resposta Rápida, Quick Response Code, um código de barras bidimensional que pode facilmente ser escaneado por qualquer celular com câmera, o código então é convertido em um texto ou endereço web, entre várias outras possibilidades, para saber mais visite o link abaixo:





Bora começar!

Com o Inkscape aberto, clique no Menu Extensões -> Renderizar -> Código de barras e por fim em Código QR.
Caminho para a extensão QR Code
Caminho da Extensão Código QR - Clique na imagem para ampliar


No diálogo, em Texto, digite o endereço web ou texto do seu QR Code. Usamos como exemplo o site do Inkscape: http://www.inkscape.org.
Diálogo Código QR
Diálogo Código QR - Clique na imagem para ampliar


Todas as outras opções podem ficar com as configurações indicadas, já que o resultado é um vetor e você pode redimensioná-lo sem problemas.

Quanto as configurações técnicas, elas já estão setadas para as opções mais comuns de mercado.

Clique no botão aplicar e depois em Fechar para ver o resultado. 
Código Qr finalizado
Código QR finalizado - Clique na imagem para ampliar


Você já pode apontar o seu celular com o leitor de QR Code preferido carregado para o código que acabou de criar para testar.




Dividir áudio no Shotcut e Kdenlive

Dividir áudio no Shotcut e Kdenlive

Como separar as trilhas de áudio no Shotcut e no Kdenlive

Neste vídeo veja como separar as trilhas de áudio e vídeo tanto no Kdenlive quanto no Shotcut. No Shotcut o recurso foi implementado na versão 18.06.

Visite com regularidade o site dos projetos para saber das novidades e recursos que serão implementados nas próximas versões.

Já conhece o nosso grupo no Facebook, o Design Livre Fortaleza? Dá uma olhadinha e se inscreve, vamos conversar e discutir sobre ferramentas, recursos, mercado e coisas legais. Link ai embaixo.


Links:





Vídeo:




Mapa de educação profissional gratuita

Mapa de educação profissional gratuita

Mapa colaborativo de educação profissional gratuita

Opa gente!
Tentando ajudar quem não conhece instituições de educação profissional que oferecem formações gratuitas eu criei um mapa com algumas instituições da cidade de Fortaleza.

Se você quiser ajudar dá uma olhada no vídeo e compartilhar com um amigo ou colega que quer fazer um curso e não tem grana pra isso blz?

Já conhece o nosso grupo no Facebook, o Design Livre Fortaleza? Dá uma olhadinha e se inscreve, vamos conversar e discutir sobre ferramentas, recursos, mercado e coisas legais. Link ai embaixo.


MyMaps:

Vídeo:





Vídeo reverso e sequências no Lightworks

Vídeo reverso e sequências no Lightworks

Como criar o efeito de vídeo reverso e sequências no Lightworks

Voltando a falar de edição de vídeo e a falar do Lightworks, um excelente editor de vídeo, usado em grandes produções de Hollywood.

Vamos ver como podemos criar o efeito de vídeo reverso e como é fácil criar sequências de vídeo no Lightworks.

Já conhece o nosso grupo no Facebook, o Design Livre Fortaleza? Dá uma olhadinha e se inscreve, vamos conversar e discutir sobre ferramentas, recursos, mercado e coisas legais. Link ai embaixo.




Vídeo:




Vídeo reverso no Kdenlive e no Shotcut

Vídeo reverso no Kdenlive e no Shotcut

Como criar o efeito de vídeo reverso no Kdenlive e no Shotcut

Nesse vídeo vamos ver como fazer um vídeo rodar ao contrário, de forma reversa, tanto no Kdenlive quanto no Shotcut.

No Shotcut esse recurso foi incluído na versão 18.06.02. No Kdenlive ele ficou um pouco mais difícil de encontrar depois das atualizações.

Já conhece o nosso grupo no Facebook, o Design Livre Fortaleza? Dá uma olhadinha e se inscreve, vamos conversar e discutir sobre ferramentas, recursos, mercado e coisas legais.

Links:

Grupo Design Livre - Fortaleza no Facebook

Site do Kdenlive

Site do Shotcut

Playlist do Kdenlive

Playlist do Shotcut

Vídeo usado


Vídeo:





Transição com o Synfig Studio

Transição com o Synfig Studio

Criando uma transição com o Synfig Studio

O Synfig Studio é uma ferramenta que permite a criação de animações em 2D e com ela podemos por exemplo, construir a mesma animação que fizemos com o Natron. Confere no link a seguir.


Neste vídeo veja o processo de criação dessa animação e a exportação das imagens em sequência.

Já conhece o nosso grupo no Facebook, o Design Livre Fortaleza

Dá uma olhadinha e se inscreve, vamos conversar e discutir sobre ferramentas, recursos, mercado e coisas legais. Link ai embaixo.





Vídeo:





Transformação Unificado no Gimp 2.10

Transformação Unificado no Gimp 2.10

Como utilizar a transformação unificada no Gimp 2.10

Neste vídeo vamos ver o funcionamento da ferramenta de transformação unificada do Gimp 2.10, fazendo um projeto de mockup em um laptop.

A vangagem de usar a ferramenta de transformação unificada é que em uma única ferramenta podemos redimensionar, rotacionar e muda a perspectiva dos objetos. 

Já conhece o nosso grupo no Facebook, o Design Livre Fortaleza? Dá uma olhadinha e se inscreve, vamos conversar e discutir sobre ferramentas, recursos, mercado e coisas legais. Link ai embaixo.






Vídeo: