Corrigindo imperfeições em imagens com o Gimp - Ferramenta de Restauração

12:28

Artigo ferramenta de restauração no Gimp


Como corrigir imperfeições com o Gimp - Ferramenta de Restauração

A ferramenta de restauração no Gimp lembra em muitos aspectos a ferramenta de clonagem, mas o algorítimo usado é muito mais sofisticado e você pode encontrar mais detalhes sobre ele no artigo científico de Todor Georgiev, Image Reconstruction Invariant to Relighting, link para o artigo abaixo.


Você pode encontrar muita coisa legal sobre o Gimp visitando a nossa playlist com um total de 36 vídeos.


Uma coisa que tem que ficar muito clara é que restaurar não é clonar, ok? Dito isso, vamos ver como a ferramenta funciona.

Segue o link para a imagem usada:


No exemplo vamos remover a espinha do rosto da modelo.
Removendo espinhas com a ferramenta de restauração do Gimp
Clique sobre a ferramenta de restauração na barra de ferramentas.
Ferramenta de restauração
Escolha um pincel. Para esse caso eu escolhi um pincel com pouca difusão, a dureza padrão do pincel escolhido é 75. Um pincel com muita difusão não vai ajudar, lembre-se que a ferramenta de restauração não funciona como a ferramenta de clonagem, o seu algorítimo leva em conta a região onde os pixels copiados serão colados.




Escolhendo o pincel
Escolhendo o pincel

Ajuste o tamanho do pincel ao tamanho aproximado da área danificada. Você pode usar os atalhos "[" para diminuir o tamanho do pincel e "]" para aumentar o tamanho do pincel.

Para usar a ferramenta, pressione a tecla "Ctrl" e dê um clique sobre a área de amostra que deseja copiar.
Criando amostra a ser colada com a ferramenta de restauração
Criando amostra a ser colada com a ferramenta de restauração

Agora basta clicar sobre a área que se quer corrigir no nosso caso a espinha.
Colando a amostra com a ferramenta de restauração
Colando a amostra com a ferramenta de restauração

Esse foi o nosso resultado.
Resultado da aplicação da ferramenta de restauração
Resultado da aplicação da ferramenta de restauração

Lembrando que para atingir o resultado desejado você pode ter que dar mais de um clique ou pegar amostras de vários locais sobre a imagem. Tudo vai depender da complexidade da imperfeição que se deseja corrigir.




Você também pode gostar desses posts

0 comentários

Like us on Facebook